quinta-feira, 4 de julho de 2013

Ele é...

Ele é o nó no meu cabelo. O esmalte descascado na minha unha, as olheiras no meu rosto. Ele é o brinquedo na gaveta de roupas, o amassado nas páginas do meu livro, o rasgado no meu caderno de anotações. Ele é o melado no controle remoto, o canal de televisão, o filme no DVD. Ele é o farelo no sofá, As tesouras no alto. Ele é o backup no computador, o mouse escondido, as cadeiras longe da janela. Ele é a marca de mão nos móveis, o embaçado nos vidros, o desfiado nos tecidos. Ele é o ventilador desligado, a porta do banheiro fechada, a gaveta da cômoda aberta. Ele é o coque na minha cabeça, o amarrotado nas roupas, as frutas fora da fruteira, os panos de prato amarrando os armários. Ele é o meu shampoo cheio de água, a espuma no chão do banheiro, o brinquedo dentro da privada. Ele é o interruptor nas tomadas. Ele é o peixe no aquário, a árvore de natal, os "pisca-pisca" de todas as casas. Ele é o círculo, o susto.... A primeira visão da lua no começo da noite....

O valor do trabalho, a vontade de aprender, a minha força, a minha fraqueza, a minha riqueza. Ele é o aperto no meu peito diante de uma escada, a ausência de sono diante de uma febre. Ele é o meu impulso, o meu reflexo, a minha velocidade. O cheirinho no meu travesseiro, o barulho, a metade, o azul. Ele é o vazio triste no silêncio de dormir, o meu sono leve durante a noite. Ele é o meu ouvido aguçado enquanto durmo. A minha pressa de levantar da cama, a minha espera de bom dia. Ele é o arrepio quando me chama, a paz quando me abraça, a emoção quando me olha. Ele é meu cuidado, a minha fé, o meu interesse pela vida, a minha admiração pelas crianças, o meu respeito pelas pessoas, o meu amor por Deus. É o meu ontem, o meu hoje, o meu amanhã. Ele é a vontade, a inspiração, a poesia. A lição, o dever. Ele é a presença, a surpresa, a esperança.

A minha dedicação. A minha oração. A minha gratidão. O meu amor mais puro e bonito. A minha vida!

8 comentários:

  1. Que coisa linda minha amiga! O meu Joao Miguel apesar de nao poder ter feito tudo isso, tbm é tudo em minha vida, desde o amanhecer até eu ir dormir... até em meus sonhos... saudades querida... bjos

    ResponderExcluir
  2. Lindo, lindo, lindo o que escreveu. Não tem outra palavra melhor para descrever!!! O amor materno é o mais puro que existe!!!




    :)


    Passa lá no meu cantinho também para ver como fiz o convite para os padrinhos! http://mamaeemchoque.blogspot.com.br/

    Beeijo

    ResponderExcluir
  3. Ele ta a coisa mais fofa.. menino lindo!
    Beijo enorme pra vocês!!

    ResponderExcluir
  4. minha escritora preferida!!! mto lindo td isso!!! #Amos vcs#

    ResponderExcluir
  5. Olá, adorei o seu blog, ao ler alguns posts, vi que você é uma pessoa esforçada que só quer falar e ser ouvida na blogosfera, assim como eu. Posso dizer que gostei muito do que li, vc tem um potencial enorme e sei que será um grande blog de fácil entendimento e conteúdo gostoso de ler. Sou Luciana Shirley do blog http://coisasecoisasdalu.blogspot.com.br/ se desejar me visite e siga, mas só se gostar, eu vou retribuir seguindo também o seu.

    ResponderExcluir
  6. Nanã
    Este texto eu já o conheço há 5 anos e é de autoria desconhecida. Se você dar uma verificada na internet ele está publicado em vários sites ou blogs. É bom você acrescentar no final dele "AUTORIA DESCONHECIDA".
    Abraços

    ResponderExcluir

Obrigada por comentar... Obrigada pela força sempre!!!